Tecnologia da Informação – Conceito

    técnico trabalhando no cabeamento da rede de servidores - tecnologia da informação

    Tecnologia da Informação – Conceito

    A Tecnologia da Informação (TI) é um termo comumente utilizado para designar o conjunto de recursos não humanos dedicados ao armazenamento, processamento e comunicação da informação. Do mesmo modo como esses recursos estão organizados num sistema capaz de executar um conjunto de tarefas. Portanto, a TI não se restringe a equipamentos (hardware), programas (software) e comunicação de dados. Existem tecnologias relativas ao planejamento de informática, ao desenvolvimento de sistemas, ao suporte ao software, aos processos de produção e operação, ao suporte de hardware etc.

    A sigla TI, tecnologia da informação, abrange todas as atividades desenvolvidas na sociedade pelos recursos da informática. É a difusão social da informação em larga escala de transmissão, a partir destes sistemas tecnológicos inteligentes. Além disso, seu acesso pode ser domínio público ou privado, na prestação de serviços das mais variadas formas.

    A aplicação, obtenção, processamento, armazenamento e transmissão de dados também são objeto de estudo na TI. O processamento de informação, seja de que tipo for, é uma atividade de importância central nas economias avançadas. Isso por estar presente com grande força em todas as atividades econômicas. A informação alcançou status de capital, quando se tornou a principal ferramenta da dinâmica empresarial. Então a informação é um patrimônio.

    Impacto do desenvolvimento da tecnologia da informação

    O desenvolvimento cada vez mais rápido de novas tecnologias de informação modificou as bibliotecas e os centros de documentação (principais locais de armazenamento de informação) da seguinte forma:

    • introduzindo novas formas de organização e acesso aos dados a obras armazenadas;
    • reduzindo custos e acelerando a produção dos jornais;
    • possibilitando a formação instantânea de redes televisivas de âmbito mundial.

    Além disso, tal desenvolvimento facilitou e intensificou a comunicação pessoal e institucional, através de programas de processamento de texto, de formação de bancos de dados, de editoração eletrônica, de tecnologias que permitem a transmissão de documentos, envio de mensagens e arquivos, assim como consultas a computadores remotos.
    A difusão das novas tecnologias de informação trouxe também impasse e problemas, relativos principalmente à privacidade dos indivíduos e ao seu direito à informação. Pois os cidadãos geralmente não têm acesso a grande quantidade de informação sobre eles, coletadas por instituições particulares ou públicas.

    A empresa que melhor conseguir lidar com a informação, certamente terá vantagens competitivas em relação aos concorrentes.

    A informação é um patrimônio, é algo de valor. Não se trata de um monte de bytes aglomerados, mas sim de um conjunto de dados classificados e organizados de forma que um usuário ou uma empresa possa tirar proveito. A informação é, inclusive, um fator que pode determinar a sobrevivência ou a descontinuidade das atividades de uma empresa. E isso não é difícil de ser entendido. Basta imaginar o que aconteceria se uma instituição financeira perdesse todas as informações relativas aos seus clientes…

     

    Quer saber mais sobre tecnologia da informação e como utilizá-la de forma proveitosa em seu negócio? Clique aqui e conheça nossos serviços.

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    WhatsApp HGnet
    WhatsApp